Bengalim do Japão

Bengalim do Japão – Lonchura striata

Tamanho: 11 para 12 cm

Temperamento:

Calmos e socáveis, são escolhas de excelência para uma voadeira comunitária. Não devem partilhar o alojamento com aves conflituosas.Gostam de viver em grupo em vez de estarem em pares ou sozinhos.

Reprodução:

O Bengalim é assim de tudo, um progenitor perfeito. O seu instinto é tão apurado, que fazem dele a ama de excelência. A maioria das aves exóticas necessita de amas para a reprodução, amas estas, escolhidas e introduzidas pelo homem e não por si. Deve-se a essencialmente dois motivos: a maioria delas é má progenitora devido ao “exílio” em cativeiro, ou porque abandonam os ovos em caso de inspeção do ninho.Com a utilização dos bengalins como amas, estes problemas deixam de existir, pois apesar de ter sido “criado” em cativeiro, revela um enorme instinto maternal, alimentando quase que qualquer bico que lhe seja colocado no ninho. Outras características dos Bengalins, é que muito dificilmente abandonarem o choco, por mais inspecções que sejam feitas ao ninho, características fazem do Bengalim do Japão uma ama de excelência, sendo escolhidos para

“adotarem” os ovos e/ou crias de outros exóticos compatíveis.A sua resistência é enorme, ao ponto e se lhe for permitido criar durante um ano inteiro.Muitas aves gostam de estar em bando e em viveiros, o Bengalim também pode estar, mas as suas características de excelente reprodutor, aconselham uma gaiola por casal pois estes tem tendência de dormir todos no mesmo ninho.Utilizar esta regra, serve essencialmente para permitir efectuar cruzamentos seguros, de forma a obter os melhores resultados possíveis.O ninho é construído numa caixa de madeira fechada ou semiaberta,

utilizando para a execução da construção do mesmo diversos materiais, como feno e fibra de coco.A fêmea põe entre cinco a sete ovos, que são chocados alternadamente por ambos os progenitores.O período de incubação varias entre os 13 e 18 dias.As crias abandonam o ninho após cerca de 21 dias.Às seis semanas de crescimento as crias devem ser separadas dos pais, momento aproximado em que a fêmea inicia nova postura.

Gaiola:

Desde (40×30 x 30 cm). Ninho: Caixa de Madeira (cerca de 15 x 10 x 10 cm) com um furo na

frente.

Material:

Pedaços de fibra de coco, feno ou folhas de palmeira.

Dica:

Não se devem ter vários casais num mesmo viveiro, pois estes vão todos para o mesmo ninho acabando por matar as crias.

Alimentação

O Bengalim não é menos exigente se comparado com outras aves exóticas. A principal diferença consiste na sua extraordinária capacidade de resistência. Devemos, para além da mistura para exóticos, oferecer aveia descascada e milho painço.

Um suplemento vitaminico, papa e colocar sempre à disposição grit e cálcio são essências para uma dieta equilibrada.A água do bebedouro deve ser trocada diariamente.

Distinção entre sexos:

A distinção entre os sexos é difícil pois são visivelmente idênticos. O macho canta e

exibe rituais de corte, a fêmea também canta, mas num tom mais grave.A diferenciação dos sexos é possível pelo comportamento ou sexagem por ADN.O Bengalim é uma ave sem dimorfismo sexual, não sendo possível visualmente pela cor apresentada na plumagem identificar quem é quem.Os machos podem ser detetados pelos seus comportamentos de corte com pequenos saltos e trinados curtos, comportamentos territoriais e encetar rituais de sedução, é o macho.

Dica:

Coloque a ave numa gaiola individual. Passados uns dias coloque lá outro bengalim. Se o bengalim que estava na gaiola cantar atrás do bengalim recém inserido, efectuando o ritual de acasalamento, é porque estamos na presença de um macho, caso contrário é uma fêmea.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s