Diamante Mandarim

Diamante Mandarim​ – Poephila Guttata

Tamanho: 10 cm (forma selvagem), a forma domesticada tende em ser de maiores dimensões, especialmente os vulgarmente chamados “Mandarins Gigantes” que não passam de aves de exposição que o porte tem vindo a ser trabalhado pelos criadores. Esta forma pode ter até 11,5 cm e ser mais encorpada que os Mandarins Selvagens.​


Distinção entre os Sexos:​
O Mandarim é das aves que apresenta diferenças morfológicas mais marcadas, sendo possível distinguir os sexos muito rapidamente. O macho possui listas negras no peito (sendo essa a razão pela qual é conhecido como Zebra Finch em Inglês), as bochechas são laranja/castanhas, os flancos são castanhos com manchas brancas, o bico é vermelho vivo e além disso canta. A fêmea não possui nenhuma destas características. Muitas mutações criadas em cativeiro não apresentam algumas das características que eu referi, sendo o método mais seguro para diferenciar o sexo a observação do bico, que é vermelho vivo nos machos (excepto a mutação de Bico Amarelo) e o canto.

Características sociais:​
Esta espécie tende em ser agressiva quando se encontra em grandes números, arrancando penas uns aos outros e causando ferimentos. É bastante territorial em relação ao seu ninho, podendo destruir posturas, matar crias e ocupar ninhos de outras aves. Tirando a época da reprodução pode ser alojada em viveiros com outras aves, em números moderados.

​​

​Alimentação:
O Diamante Mandarim não é uma ave difícil de alimentar. A alimentação deve ser composta por ¾ de painço e ¼ de alpista. Verduras como couve e espinafres (excepto alface) devem ser incluídos em menos quantidade na alimentação da ave. Se for necessário pode complementar com vitaminas ou minerais. . Osso de choco e grit é algo indispensável.

Reprodução:
É dos Diamantes Australianos mais fáceis de criar. Criam bem em gaiolas de dimensões mínimas de 50 x 30 x 30 (comprimento x altura x largura), muitas vezes sem ser necessário o recurso a amas.
Os ninhos mais usados são os do tipo caixa, semiaberta, que forram por dentro com vários tipos de materiais como fibra de coco, sisal, penas, ervas …

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s